quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Colocando o papo em dia...

Nossa, já faz quase um mês desde a última vez que passei por aqui... o que houve com o tempo, meu Deus? Nunca passou tão rápido... a cada ano parece que a quantidade de dias no ano vai diminuindo... sensação esquisita... precisamos mais do que nunca aprender a contar nossos dias... e falando em dias, passei alguns dias no hospital... ao todo, foram aproximadamente 60 horas! (4 horas no primeiro atendimento + 48 horas internada + 2 horas no segundo atendimento + 4 horas no último atendimento). Tudo isso por causa de um cálculo renal de 8 mm! Mas graças a Deus, tudo se normalizou! Mas que foi horrível, isso foi!!! Principalmente durante a internação, só ficava pensando na minha pequena chorando horrores em casa, sem entender o porquê do desaparecimento repentino da mamãe e do mamá... tadinha!!!!
Mas uma coisa que fiquei pensando enquanto estava lá é que até então, nesses 31 anos de vida, eu só havia ficado tanto tempo no hospital por motivo de saúde, para trazer ao mundo meus dois filhotes... isso é uma benção, não é? No mundo violento e doente de hoje, é realmente uma benção de Deus não ter que viver dentro de hospitais...
Uma outra coisa que quero registrar é que definitivamente ODEIO o percurso do quarto para o centro cirúrgico naquelas macas horríveis!!! É um sentimento horrível que invade a gente como um soco no estômago, pois ali não temos controle sobre mais nada, nossa visão fica limitada às lâmpadas dos corredores do hospital, e nosso corpo fica à mercê do maqueiro, e é difícil controlar o medo... só que já experimentou isso pode dizer como é ruim!
E o que dizer da anestetsia??? Foi diferente da que tomei para as cesarianas, porque naquelas eu fiquei acordada durante o procedimento, e nessa eu apaguei! Incrível como a gente dorme do nada e acorda do nada, sem a menor noção de tempo... eu não saberia dizer se a cirurgia durou 5 minutos ou 5 horas!!!! Ou seja, as horas que fiquei apagada foram horas mortas pra mim, pois não estava dormindo, não estava acordada, não estava viva!!! Ou seja, se o tempo já está passando rápido pra quem está em plena atividade, imagina pra quem perdeu preciosas horas apagada num centro cirúrgico!!!!
Então fiquei no déficit esse mês... horas irrecuperáveis...
Mesmo assim, dou Glórias ao meu Deus porque foram apenas algumas horas... poderiam ter sido semanas, meses... mas foram apenas algumas horas... obrigada, Deus meu! : )

2 comentários:

Ana Beatriz disse...

que bom que você já está bem
voi falar uma coisa
Adoro essa sensação da anestesia

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...