terça-feira, 24 de março de 2009

“A minha vida é do Mestre
Meu coração é do meu Mestre
O meu caminho é do Mestre
Minha esperança é meu Mestre.”
(trecho da música “Meu Mestre”, do Lázaro,
que tem sido meu “mantra” por esses dias...)


Deus faz coisas que não entendemos. Ele opera de maneiras que simplesmente nos deixam atordoados. Para Ele não existem impedimentos. Quando Ele quer fazer algo, nada o impede.

Quando colocamos nossa vida no altar e dedicamos nosso ser à Ele, estamos nos condicionando à superioridade Dele sobre nossa vida, sobre nossos sonhos, sobre nossos planos. Não temos garantias de que Ele vai realizar nossos sonhos da mesma maneira como sonhamos. A única coisa que Ele nos garante é que Ele jamais vai fazer algo que nos prejudique ou que nos envergonhe. Ele nos promete o melhor, sempre, em qualquer situação. Tudo o que acontece na nossa vida, todos os dias, só acontece porque Deus permitiu. Até mesmo as armadilhas do inimigo só nos atingem depois que Deus dá a permissão para que isso aconteça.

Ainda assim, sabendo de tudo isso, algumas vezes somos pegos de surpresa pelas “permissões” de Deus em nossas vidas. E mesmo racionalizando que Ele quer o nosso melhor, que Ele tem o controle sobre todas as coisas e que tudo vai se resolver da melhor forma, nossa índole humana, falha e pecadora levanta inúmeros questionamentos, perguntas que fazemos pra nós mesmos, para Deus, para quem está ao nosso redor, perguntas sem resposta, que batem no nada e voltam pra nós sem o menor esclarecimento.

É a segunda vez que Deus vira minha vida de cabeça pra baixo. A primeira vez, em dezembro de 2002, quando me descobri grávida do Gui, passei por um turbilhão, um furacão, um tsunami, e quem estava por perto deve se lembrar da barra que enfrentei. Só depois de alguns anos é que entendi alguns dos propósitos de Deus ao me fazer passar por aquela situação naquele momento. E é claro que depois que meu filho nasceu eu jamais falei isso pra ele e jamais o tratei com menos amor por conta disso. Eu me apaixonei por ele no momento em que ele nasceu, e serei sempre apaixonada por ele, e sei que Deus é o responsável por sentimento tão verdadeiro e forte como esse. Quem é mãe sabe do sentimento que falo.

E agora aqui estou eu, mais uma vez, vivendo uma situação semelhante. Nunca me imaginei passando por isso novamente, já que a gravidez da Maluzita foi mais ou menos planejada, e eu nunca quis ter um filho só. E Maluzinha é apaixonante também. Um bebê risonho, carinhoso, com aqueles “zóinho azul” olhando pra gente com alegria, curiosidade e carinho, impossível resistir.

Mas e agora, Deus? Terceiro filho???? Quando foi que eu cogitei essa possibilidade??? Quando, em sã consciência, com as condições de vida que levo, trabalhando, batalhando pra melhorar um pouco, com a vida corrida que levo, já fazendo malabarismos pra dividir “irmãmente” algumas poucas horas diárias que disponho, eu me atreveria a pensar que um terceiro filho seria aceito com tranqüilidade? Porque eu? Porque comigo? Tenho pelo menos 2 amigas que amo e que Te amam que estão à espera de um “positivo” que não chegou ainda...

Eu não tenho respostas. Eu não tenho nem mais perguntas. No momento estou evitando pensar nos sonhos que mais uma vez serão adiados, nos projetos que mais uma vez não serão realizados, e nas mudanças que a chegada de um filho representa.

Estou apenas desabafando, com Deus e com vocês, meus amados amigos, que estão por perto e que em breve perceberão a mudança óbvia em mim. Afinal, ontem confirmei que estou mesmo grávida de 10 semanas. Já confirmei de todas as maneiras possíveis, com exame de farmácia, exame de sangue e ultrassonografia, então é “de verdade” mesmo. Apenas por curioridade, eu estava tomando anticoncepcional todos os dias, como manda o figurino. Meu médico não sabe me explicar o que aconteceu. Eu também não. Tenho consciência tranquila que fiz o que poderia fazer para evitar uma gravidez. Não liguei as trompas na cesárea da Malu por questões pessoais que caberiam numa outra conversa. Como disse lá no início, quando Deus quer fazer algo, NADA o impede. Nem mesmo um anticoncepcional. Enfim, como já descobri com 10 semanas, ou seja, “2 meses e meio”, minha gestação vai passar bem rápido, e em outubro teremos gente nova no pedaço.

E justamente agora que eu estava me preparando para receber os bebês das minhas amigas, Nanda, Paty e Monique, e curtindo à distância a gravidez da Aninha, infelizmente não poderei ajudar muito nenhuma delas como queria, afinal todas teremos bebês na mesma época (set/out), com diferença de semanas entre uma e outra... amigas, me desculpem mesmo... isso corta meu coração...

Pelo tom da minha cartinha, não preciso dizer que ainda estou atordoada com tudo isso, por isso não se espante se eu não estiver irradiando felicidade por enquanto. Por favor, não me cobrem sentimentos “padrões” por agora. Sei que as coisas vão acontecendo no devido tempo, e muito em breve eu vou estar mais calma, mais conformada e até mesmo mais feliz. E sei que não vou amar menos esse bebê do que amo meus outros dois filhos. Só peço a vocês paciência e compreensão com o meu momento.

Não comentei nada do Marquinho porque ele também está na mesma situação que eu. Só que ele está pensando mais na parte financeira, e eu pensando mais na parte física (por motivos óbvios que só as mulheres entendem, e quem me conhece sabe que eu não gosto de estar grávida, por tudo o que uma gestação me traz), e nós dois estamos pensando na parte que se chama “futuro”. Mas Deus nos deu um casamento forte, um amor sólido e não tenho dúvidas que vamos atravessar tudo isso juntos, como família abençoada que somos.

O Guilherme está feliz! E está na torcida por um menininho, pra fazer companhia pra ele. Eu confesso que torço por uma menina, pra aproveitar o enxoval de Maluzita... mas não vamos pensar nisso agora...

É isso, meus queridos.

Beijocas, Lili

“A minha vida é do Mestre
Meu coração é do meu Mestre
O meu caminho é do Mestre
Minha esperança é meu Mestre.”

6 comentários:

Fabiana Lazzari disse...

Querida...que saudades de ti e das meninas...estava aqui no computador e me vi lendo o teu relato e tuas agonias perante a nova gestação! Foi um susto também...mas passou quando percebi que tu apesar de não saberes estás preparada para mais esta jornada.
VAi passar rápido amiga, estou certa disso pela própria descrição tua.
Quanto a não gostar de estar grávida...tu sabes que cada uma é diferente e esta pode se tornar a melhor delas... e como tu mesmo falaste...se Deus te mandaste mais um pequeno(a) é porque tens condições de educá-lo(a). Nada acontece por acaso...ainda mais que tu estavas tomando anticoncepcional.
A cada dia temos muito o que aprender...minha mãe também teve uma 3ª gestação sem imaginar...e faltava uma semana para ela ligar as trompas quando ficou sabendo da gravidez...eu já tinha 13 anos e meu irmão 8. Foi um recomeço de tudo!!
Imagina que tu ainda estás fresquinha...poderia ser pior, mais tarde quando tudo já estivesse no seu rumo. (Foi o que aconteceu com ela).
Amiga...força!!
Lili Não te cobre sentimentos diferentes destes que relataste agora, apenas converse bastante com este pequeno(a) que esta chegando neste nosso mundão para que ele(a) entenda também os teus sentimentos.
Saúde, paz e energias positivas para toda a tua família linda e cheia de vida!
Bjocas carinhosas com saudades.
OBS: se quiseres falar mais e conversar podes enviar e-mail: fabianalazzari@gmail.com
ou msn: falazzari@terra.com.br

BarbieGirl disse...

Lili, estou mtoo emocionada, nem sei se viria conselhos sábios a minha mente para te dizer, mas ouvir isso eu sei bem, já te liguei e como te disse, conte comigo, com meu apoio e carinho!
Como sua mãe, Deus tb quer vc com 3 filhos!
Um beijo grande e vim te dizer que tem um selinho para vc no meu blog, copie e traga para cá, pq seu cantinho é arretado de bom!!

beijos

Lidia disse...

Não se turbe o vosso coração...
Vcs confiam em Deus e Ele confia em vocês! Caso contrário, Ele teria escolhido outras pessoas para cuidar deste pequeno ser a caminho.
Relaxe, e deixe que o Bondoso e Grandioso Deus continue carregando vc e sua família em Seus braços de amor.
Beijos, queridos!
Que Deus os abençoe!

catharina disse...

Querida Lili,
escrevi a vc lá na lista, mas acho que vc não leu. Então vou postar a mensagem aqui:
Lili, primeiro de tudo: MEUS PARABÉNS!!
Segundo de tudo: está mais que provado que nada acontece por acaso; tudo é reação à uma ação e vc, mulher sensível, sabe disso. Entendo os seus sentimentos confusos, mas já já eles se organizam. Vamos aguardar a irmãzinha (chute meu eheheh) da Malu chegar.
Bjs, querida.
Catha

RENATA ABREU disse...

Liliane, sei que não somos muito próximas ao ponto de fazer confidencias, mas não poderia deixar de passar por aqui e deixar um "chameguinho". Acredito que nesse momento deve estar passando um monte de coisas e perguntas na sua cabeça, mas tudo tem o seu tempo e propósito. Agora para descontrair um pouquinho quero te dizer que sou totalmente a favor de se ter o terceiro filho. Afinal de contas o que seria do mundo, minhas irmãs e dos meus pais se eu não existisse.rsrs. Beijinhos e conte com minhas orações.

Patrícia Abreu disse...

Querida Lili
Apesar de, à primeira vista, a vida aparenta estar de cabaça pra baixo, lembre-se: Deus está contigo! De cabeça pra baixo, debaixo d´água e até mesmo no mais alto monte! DEUS ESTÁ CONTIGO!Ele te chama e te conhece pelo teu nome. Não há amor maior que o dEle por você!
O que parece estranho, aquilo que custamos a acreditar ou enxergar um propósito, é pura e simplesmente o agir de Deus! Agindo Deus, quem impedirá?!
Apesar de estarmos em extremos opostos, me solidarizo com sua angústia! São sonhos adiados, dificuldades a ser enfrentadas, muita luta! Mas também a certeza de que DEUS É CONTIGO! E isso, amiga, te basta! Estar no centro da vontade de Deus é o melhor lugar do mundo!
Assim como não entendo, hoje, o porque de tanta dificuldade, me afastando daquilo que mais quero - meu sonho - sei que também é difícil pra você entender o porque disso tudo. Seja forte, a resposta tá logo alí. Em outubro, quando tudo vai valer a pena e quando você vai descobrir, mais uma vez, como é se apaixonar perdidamente por alguém!
O Senhor é o teu pastor... nada te faltará! Amém!
Um beijo grande

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...