quarta-feira, 21 de julho de 2010

Eu sou assim mesmo!

Acabei de receber um e-mail de uma amiga, onde ela comenta que se acha "tonta" por ser parecida comigo nesse lance de se preocupar e se envolver com situações e problemas daqueles que nos cercam. Aí que eu lembrei que nesta semana mesmo eu postei aqui uma reflexão que falava sobre isso também, então vamos parar pra pensar um pouquinho no que andamos fazendo e na maneira como andamos fazendo certas coisas. Olha o trecho do texto que eu destaquei:

"Para que tivéssemos um Deus que Se compadece, foi preciso um Salvador que sofresse. E só há verdadeiro sentimento de compaixão para com alguém que sofre, em um coração que também foi ferido. Não podemos fazer bem aos outros sem que isto nos custe alguma coisa, e nossas aflições são o preço que pagamos pela capacidade de termos compaixão. Quem quiser ajudar precisa sofrer primeiro. Quem quiser salvar precisa primeiro ter experimentado a cruz de alguma forma. E não podemos ter a alta felicidade de socorrer os outros, sem termos provado o cálice que Jesus bebeu e ter-nos submetido ao batismo com que Ele foi batizado."

Ter compaixão, ser compassivo é algo que custa caro... o preço a ser pago às vezes é alto, mas ter a sensibilidade pra sentir a dor do outro e se envolver no problema a ponto de sofrer com ele é um dom, e algo muito raro nos dias de hoje, onde o egoísmo impera e vale a "lei do meu próprio umbigo".

Eu não quero ser diferente e me tornar indiferente às aflições dos que estão ao meu redor. Pra dividir momentos de alegria e felicidade existem vários. Mas na hora da aflição todo mundo some. Eu não sumo. É aí que eu me achego. Mesmo que isso me custe caro, me traga dores "desnecessárias" e me consuma algumas horas do meu tempo tão escasso.

Deus me fez assim, e Ele sabia o que estava fazendo, né? rsrsrsrsrs

Infelizmente alguns conseguem ver essa nossa característica e nem sempre usam isso com boa fé. Uns nos exploram, outros abusam da nossa boa vontade... mas sempre vai ter aquele que nos estende a mão e o coração na hora da nossa angústia. Esses são nossos amigos de verdade.

Não somos tontas não. Tontos são aqueles que de tanto olhar só pro próprio umbigo já não sabem mais nem pra onde ir.
 
E tenho dito ; )

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...