sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Compra, Catarina!

 
Não lembro se já comentei aqui que ando viciada no Peixe Urbano (e outros do tipo), que é um site que faz parcerias com empresas das mais diversificadas áreas e serviços, tornando possível a criação de promoções DE VERDADE (porque 5% de desconto não é promoção de verdade, concorda? rsrsrsrs). É uma maravilha, porque é o típico caso em que a união faz a força (nesse caso a união faz a promoção), e já vi ofertas com mais de 2 mil vouchers vendidos (uau!). Pra nós, consumidores, é obviamente excelente pela relação custo x benefício perfeita, e para o empresário também, já que ele garante a divulgação e venda de seu produto ou serviço por meses à frente, coisa preciosíssima em tempos de alta concorrência e crise financeira.
 
Então, ontem recebi uma notícia que me deixou muito orgulhosa! Meu irmão e um sócio também estão entrando nesse mercado, e investindo num site com o mesmo perfil do Peixe, só que na região onde moram, Santa Catarina (meu irmão mora em Floripa). E então, nasceu o Compra Catarina, que já está no ar, recebendo cadastros, mas a venda das ofertas começa a partir de setembro.
 
Não é uma iniciativa fantástica? Ainda que a idéia não seja inédita, merece respeito, né não? rsrsrsrs afinal, o que teria sido da roda se ninguém mais a reproduzisse e aprimorasse?
 
Irmão, te desejo TODO SUCESSO, muitas bençãos do Pai e sabedoria para gerenciar esse novo empreendimento.
 
E agora só quero saber de Floripa com 90% de desconto hahahahaha
 
Então fica aqui meu apelo: Compra, Catarina!!!! rsrsrsrs
 
# irmão, vc sabe que só não serei cliente fidelíssima pq não moro por aí, mas não poderia deixar de usar meu espaço pra puxar a sardinha pro braseiro da família, né ; )

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Quem se importa?

Esta semana viveremos mais um Congresso da Juventude na PIB do Rocha. O tema escolhido é "Quem se importa?", e quando soube do tema me lembrei de um post meu de algumas semanas atrás, justamente falando sobre isso. Tá vendo só como são as coisas? rsrsrsrs
 
Então, se você quiser compartilhar, ouvir, aprender, abençoar e ser muito abençoado, vem pra cá! Vai ser muito bom ter você com a gente neste fim de semana.
 
O Congresso começa na quinta e vai até domingo. Os cultos são à noite e começam às 19:30h, e no domingo pela manhã também nos encontraremos às 10h. No domingo à noite encerraremos com o nosso musical, e só pelos ensaios já posso dizer que tem sido um presente de Deus para as nossas vidas!
 
Pra quem ainda não veio nos visitar, anota aí:
Primeira Igreja Batista do Rocha
Rua Walter Dias Epechim, 54 - Rocha - SG - tel. 2712-9626
 
E aí, você se importa? EU ME IMPORTO ; )
 
# sei que estou devendo notícias do passeio, depois volto pra contar e postar fotos (para os orkuteiros, já postei lá), mas já adianto que foi MUITO BOM! O Hotel Fazenda é show de bola!!! Agora quero voltar numa época de sol, pra aproveitar mais ainda!
 
# como alguns já sabem, vendemos nosso carro... tivemos que fazer isso por conta da lei das cadeirinhas, né? Agora só um Dobló pra caber toooooooooooda a filharada hahahahaha
 
# good news: consegui eliminar 4 kg do "paliteiro" hahahahaha já é um começo, né? Devagar e sempre...
 

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Contagem regressiva...

Estamos ansiosos pelo fim de semana... amanhã vamos viajar com a tropa toda, até a vovó tá incluída no pacote rsrsrsrs 

É que no próximo sábado (14) é aniversário do Gui (7anos!!!), e trocamos a festinha por um passeio em família. Vamos pra um Hotel Fazenda.

Acho que vai ser muito divertido! Quando voltarmos é claro que passo aqui pra contar como foi...

Minha única "preocupação" é se o Gui não vai sentir falta dos presentes dos amigos hahahaha afinal, sem festinha, sem presentinhos, né? Espero que ele entenda que esse ano será diferente... vamos ver como ele vai encarar isso!

Então, inté segunda ; )

domingo, 8 de agosto de 2010

Aventuras & Desventuras em Série rsrsrsrs

Sair daqui pra ir a um aniversário de 1 aninho em Rio das Ostras no esquema bate e volta já pode ser considerado uma aventura, considerando-se a quantidade de cacarecos e suprimentos que tenho que carregar comigo pra dar conta da minha tropa hehehehe

Mas isso não seria suficiente... então, saímos em "comboio", 2 carros, Rodrigo e Marquinho nos respectivos volantes, Railton com a equipe Araújo e Paty e Davi com a equipe Beltrão, que incluía ainda Monique e Sophia, é claro...

15h30 nos encontramos, nos acomodamos e pegamos a estrada. Alguns quilômetros depois, uma parada rápida para pequenas trocas internas, porque Malu queria colo e Bernardo cedeu o colo "dele" (que um dia foi meu) pra ela, e passou pro bebê conforto. Tudo ok, vamos em frente. Papo vai, papo vem, é hora do lanche. Toddynhos e biscoitos de polvinho na mão, tudo sob controle. Alguns minutos depois, Malu começa: "mão, minha barriga tá doendo..." não deu nem tempo de pensar em nada, porque a garotinha abriu a boa e vomitou tudooooooooooo em cima de mim... ela também se sujou, é lógico, mas eu fiquei bem "prejudicada", digamos assim... só pra visualizar a cena, minha calça estava com uma dobra pra cima na bainha, que virou porta-vômito (eca!) hahahaha. Para o carro, desce todo mundo, limpa Malu, limpa Lili, entra no carro, segue viagem, mas... peraí! Cadê Rodrigo e a Equipe Beltrão????? Esperamos, esperamos, e nada! 

Meia volta. Encontramos Rodrigo e equipe na estrada, com o carro quebrado! Caraca! E agora? Liga pro seguro e espera o reboque. E a mulherada com aquela criançada? Espreme todo mundo no Corsinha Coração de Mãe e segue pra Rio das Ostras, porque já estávamos em Casimiro de Abreu e valia mais a pena seguir do que retornar... olha a situação: eu com Bernardo numa perna e Malu na outra, Gui no meio imobilizado, Monique com Sophia no colo. Paty na frente com Davi. Marquinho ao volante. Parecia motorista de rota escolar rsrsrsrs Digo e Railton ficaram esperando o reboque. Marquinho nos levaria à Rio das Ostras e retornaria até Casimiro pra buscar Railton. E lá fomos nós! Alguns minutos depois, Malu recomeça com "mamãe, minha barriga tá doendo...". Eu logo alertei o "tio Marquinho" (rsrsrs): para logo porque se ela vomitar o prejuízo vai ser maior, porque tá lotado aqui atrás. Ele parou. Desce Malu do carro. Mas era alarme falso. Assim retornamos pro carro e finalmente chegamos à festa, às 18 horas, os primeiros a chegar. 

Mas a aventura (acho que já entramos na parte das desventuras, né?) ainda não havia acabado. Afinal, Rodrigo já estava sendo rebocado, mas Railton continuava na estrada, perto do comércio de Casimiro de Abreu, ao relento, abandonado e com fome (mentira que ele logo tratou de atacar um pão com linguiça numa lanchonete da estrada!). Marquinho mal desceu do carro e deu meia volta pra buscá-lo. Eu fiquei com o trio encarando bravamente a missão de cuidar dos 3 numa festa infantil (pânico!!!). Mas, como já disse Milton Nascimento "é preciso ter força, é preciso ter raça, é preciso ter gana sempre", mesmo que meu nome não seja Maria Maria, né! E assim fomos levando... a festa estava ótima, os gêmeos Davi e Mateus (aniversariantes) lindos, comida deliciosa, lugar bem maneiro, Gui e Malu curtindo bastante... até que Marquinho e Railton conseguiram adentrar no salão e aproveitar um pouco também. 

E Rodrigo? Acreditem se quiser, ele chegou em casa, largou o carro quebrado, pegou o carro do pai e VOLTOU até Rio das Ostras só pra trazer Monique e Sophia de volta... chegou lá já eram 22h, parabéns já cantado e bolo cortado, só deu tempo de comer uns brigadeiros e encarar toda aquela estrada de volta. Eita paizão, hein!!!!

E assim, era quase 1 da manhã quando as Equipes tomaram caminhos diferentes, cada um pra sua casa, e eu e Marquinho chegamos de volta ao lar, preparamos o trio pra dormir (sendo que nem todos dormiram, né Bernardo!!??) e caímos na cama, exaustos... que dia!!!! ; )

# ainda bem que "alguém" (Fernando Pessoa, minha gente) já disse que quando a alma não é pequena tudo vale a pena, né? Que fique registrado que nossa alma é tamanho EXG hahahahha e que é só por isso que dá pra dizer que mesmo assim valeu muito a pena ter ido ao aniversário dos gêmeos, meninos lindos e vitoriosos que nasceram aos 6 meses de idade, encararam 59 dias de internação e hoje estão aqui pra contar a história com muita saúde, graças a Deus! Parabéns, Davi! Parabéns, Mateus! Foi um privilégio celebrar esse momento com vocês!

# essa eu tenho que registrar: na saída do salão, equipes se organizando pra tomar o rumo de casa, todos "cansados mas não destruídos", e Patrícia me vem relembrar nossa época de solteiros sem filhos, curtindo praia em Arraial do Cabo... PUTZ!!!!!!!!!! Eu tava vomitada, mijada (fruto de um pequenos vazamento de fralda), coluna quebrada, babada, e mais 154879 "adas" imagináveis... lembrar da época em que eu andava linda, cheirosa, com roupas limpas, estava magra (era o palito e não o paliteiro, né meninas hahahaha), ahhhh que saudade... peloamordedeus, mudemos urgentemente o rumo dessa prosa!!!!

Feliz Dia dos Pais ; )


Nasci para ser pai

LEO JAIME DESCOBRIU A MARAVILHA DE SER PAI NO MOMENTO  EM QUE SEGUROU A MÃOZINHA DO FILHO NA MATERNIDADE. HOJE SABE QUE NASCEU PARA ISSO

Quando chego, e ele me vê, sai correndo, às gargalhadas, e pula no meu pescoço. Eu o abraço inteiro, mas não muito forte, pra não sufocar. Ele tem um cantinho, no meu colo, que é o favorito desde que nasceu. Encosta o rosto no meu ombro esquerdo, empina a bundinha pra trás e se encaixa com os bracinhos à volta do meu pescoço. Eu chamo isso de “sapinho do papai”. Depois de alguns segundos quietinho, ele se levanta e fica olhando para mim em silêncio. Seus olhos e boca sorriem, e a gente não precisa dizer nada. Algumas vezes a gente fica se olhando e começa a rir de novo. Sem sabermos bem do quê. Estes são os melhores momentos da minha vida.

São muitas as conversas silenciosas que temos. Não imaginava que isso fosse comum entre pai e filho. Eu pensava que a comunicação se daria melhor depois que ele já falasse, e que os recém-nascidos se comunicavam bem exclusivamente com a mãe. Pois minhas teorias foram por terra no momento em que o Davi nasceu. Quando foi tirado da barriga da mãe, demorou um segundo e meio pra começar a chorar. O chão para mim se abriu naquele instante mínimo e duradouro. Ele começou a chorar, ufa, e foi levado. Cheguei perto dele e disse pra ficar tranquilo, porque eu estava lá. Ofereci meu dedo para ele segurar. Imediatamente, o Davi parou de chorar. Pronto. Tínhamos feito a conexão.

Nas sonecas da tarde, ou quando está doente, ele dorme na cama comigo. Nos embolamos e nunca nos machucamos. Na primeira vez em que dormimos abraçadinhos ele tinha menos de 3 meses. E se aparece na cama sem que eu seja avisado, mesmo dormindo eu abro espaço para ele. E olha que o Davi se esparrama sobre mim, deita com o rosto sobre o meu, procura os encaixes mais improváveis. Costumo dizer que meu corpo é o playground dele. É fato: não precisamos de nenhum brinquedo para ter horas de diversão.

As primeiras papinhas dele fui eu quem cozinhou. Dos passeios que temos a dois, ir ao mercado é um deles. Ver as frutas e os legumes, tocar, provar e conhecer aquele mundo de cores e cheiros. Peço sempre a ajuda do Davi para escolher os melhores. No primeiro ano, ele gostava muito de ouvir um disco meu na hora de dormir. Como é que com três meses ele conseguiu ficar atento durante vários minutos ouvindo as músicas novas que eu tinha acabado de gravar?

MEU BEBÊ VAI FAZER 3 ANOS. COM ELE DESCOBRI QUE TENHO, ENFIM, UMA VOCAÇÃO: NASCI PARA SER PAI E GOSTO MUITO DISSO. MUITO. DEIXO QUE ELE DIRIJA AS BRINCADEIRAS E NÃO BRIGO À TOA. MAS, QUANDO O FAÇO, ELE FICA TRISTE. O DAVI NÃO GOSTA DE ME CHATEAR. AS OUTRAS COISAS QUE FAÇO NA VIDA, AS QUE FIZ, SÃO APENAS AS COISAS QUE TODOS TEMOS DE FAZER PRA GANHAR A VIDA. ELE É A MINHA HISTÓRIA SEGUINDO SEU CURSO, SAINDO DE MIM. É O AMOR QUE PRETENDO DEIXAR. E QUE SE ESPALHA PELO MUNDO EM SEU SORRISO ENCANTADOR.

Ser pai é, na maior parte do tempo, muito duro. São escolhas que fazemos o tempo todo, para as quais nunca temos tempo de nos preparar. São perguntas difíceis que não sabíamos que iriam cair na prova. Surpresas e emoções o tempo todo. Ser pai é, sobretudo, ser exemplo. Mesmo quando não sabemos que atinamos para o 
fato de que estamos sendo exemplo.

Em nossos momentos a dois temos conversas maravilhosas. Passeamos no Jardim Botânico e, ao final, o Davi pode simplesmente fechar os olhos e dormir. Seguro por saber que estou olhando por ele. Seguro do meu amor por ele. Feliz porque podemos não ter todo o tempo do mundo, mas aproveitamos muito bem nossos momentos.

Realmente, não dá pra traduzir em palavras o quanto são especiais os nossos momentos corriqueiros. Ou, talvez, eu precisasse de muitas páginas como esta.


Escrito por Léo Jaime, publicado aqui: http://www.revistapaisefilhos.com.br/conversa-homem/525

domingo, 1 de agosto de 2010

Notícias do Gui!

A cirurgia foi ótima, graças a Deus! Chegamos no Santa Martha um pouquinho antes das 6 da manhã, então o Gui conseguiu ser o primeiro da fila do centro cirúrgico!

Então, lá pelas 8 e pouca, ele já estava sendo encaminhado pra sala de cirurgia. Eu pude entrar e ficar com ele até o momento em que a anestesia fez efeito, depois saí e fiquei sentada lá com Marquinho esperando... levou quase 2 horas pra ele finalmente sair de  lá! Só mesmo nessas horas que a gente sente o tempo passar beeeeem devagarinho!


Não tenho dúvidas de que Deus esteve presente o tempo todo, cuidando de tudo, até do outro paciente na enfermaria, outro menininho que operou adenóides e que ficou super bem!

Ele veio pro quarto ainda muito grogue, e dormiu praticamente o dia todo, acordando algumas vezes bem nauseado, vomitando e reclamando muito de dor, tadinho!!! De cortar o coração!

Agora o pós operatório é bem enjoadinho... e o Gui ficou com a garganta bem inchada por dentro, então ontem ficou praticamente o da todo só por conta do soro mesmo... um golinho disso, outro daquilo, mas com mta dificuldade pra engolir.

Agora pela manhã Marquinho foi buscá-lo no hospital (mamãe dormiu lá e eu dormi em casa com os pequenos).

Já preparei um mingauzinho bem ralinho de chocolate pra ver se ele se anima a comer um pouquinho... estou contando que esse esforço hoje será maior, já que não terá mais o soro pra aliviar a fome, né?

Essa semana estarei em casa... vai ser pauleira! E pra ficar melhor, dei essa semana de férias pra Miriam (merecidamente, pois ela tá mto cansada mesmo), e vou assumir a tribo rsrsrsrsrssrs com a ajuda da Super Vovó Nicéia, claro!

Obrigada pela força de todas, pelas orações, pelo carinho, apoio, enfim! Como sempre meus amigos não decepcionam... ontem mesmo recebi algumas ligações super carinhosas, que fizeram muita diferença...

Agora vou indo, porque o meu moribundinho tá chegando... ; )


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...