quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Meu Malvado Favorito!

Hoje é feriado aqui em SG. Como o Gui não teve aula, eu e Marquinho, que também está de férias, levamos ele e Malu ao cinema. O filme escolhido foi esse:


Foi uma excelente escolha! O filme é muito divertido, tanto pros pequenos quanto pros marmanjos, e foi uma tarde deliciosa! Foi a estréia da Malu no cinema... (ela já tinha ido lá em Floripa, mas era bebê então não conta rsrsrs) eu tava com medo dela não aguentar e pedir pra ir embora, mas até que a pequena ficou super bem! No início ela olhava pra tela com os olhinhos arregalados, e ficava falando "OOOHHHH", toda espantada com a grandiosidade da telona... depois se acostumou com o ambiente, se empanturrou de pipoca, coca-cola e confeti (eita alimentação saudável hehehehe), e curtiu bastante o desenho também. Só lá pelo finalzinho ela soltou o famoso "qué i pá casa", pediu a bendita "camisa" (minha camisola que ela dorme alisando) e a "dedera", mas logo terminou e saímos pra lanchar (mais junk food rsrsrs), ela se distraiu e aproveitou bastante o passeio! Recomendo ; )

Casamento Alexandre & Roberta - algumas fotos...

20/09 - Agora sim, férias!!!

Entrei oficialmente de férias na quarta-feira passada, mas com a agitação dos preparativos pro casamento do irmão eu não parei um minuto sequer até a noite de domingo... mas a segunda-feira já foi bem mais tranquila, passei o dia em casa, preparando e entregando convites infantis que eu estava devendo, enfim, descansando a cabeça... agora é começar a esquentar as turbinas pra festinha do Bene, que já está em cima!!!! 

Falando em casamento do irmão, foi muito bom!!!! A cerimônia foi linda, todos estavam chiquérrimos, lugar maravilhoso, decoração impecável, palavra do Pr. Lusitano na medida e muito abençoadora, Malu e Gui arrasaram, Bene entrou no colo do Marquinho e arrancou suspiros da galera, violinos lindíssimos tocando ao fundo, a noiva linda e deslumbrante, o noivo todo sorrisos, eu e a irmã chorando muito (como eu já imaginava rsrsrs), fotos, fotos, fotos... tinha uma fotógrafa que eu acho que tirou mais fotos de Malu do que da Beta hahahaha a festa foi muito maneira, comida deliciosa, docinhos hummmmmmmmmm enfim, uma noite memorável! Tinha tudo pra ser uma noite perfeita, mas infelizmente nem tudo é como a gente deseja e umas "pedras no caminho" quase detonaram o brilho de tudo o que vivemos ali... enfim... sempre existem boas lições a serem aprendidas a cada tropeço que damos, né? Para o bom entendedor, um pingo é letra ; P 

sábado, 18 de setembro de 2010

18/09/2010 - Dia emocionante e especial!

Hoje é o dia do casamento do irmão caçula... já até sei que não vai dar pra segurar a emoção e as lágrimas serão inevitáveis rsrsrsrs ainda bem que existe o rímel a prova d'água rsrsrsrs

Por enquanto o sábado ainda está com cara de sábado normal... mas daqui a pouco começa a correria... ansiedade, nervosismo, tensão... tudo tem que dar certo, e dentro do horário! Caraca! Vou enlouquecer todo mundo aqui dentro de casa hahahaha

Mas, o que importa mesmo é que meu irmão e minha cunhada sejam felizes, tenham uma relação sólida e duradoura, e que formem uma família unida e companheira, de preferência com uns 2 (ou 3, pq não! rs) filhotinhos lindos correndo pela casa... 

Alexandre e Roberta, que vocês mantenham viva a vontade de dividir a vida juntos para sempre, com muito amor, respeito, diálogo e paciência. Casamento nem sempre é fácil, mas quando há vontade de seguir juntos vale a pena investir e fazer de tudo para que dê certo!

Que Deus seja sempre o alicerce dessa união. Que Ele renove o amor entre vocês a cada dia.

Roberta, seja muito bem vinda à Família Amorim Pereira hehehe Você é muito bacana, e te recebemos em nossa família com muito carinho!

Agora é começar a agitar pra que tudo esteja prontinho até às 18:00 hrs. Trago fotos depois ; )

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Fechando a semana...

O CAMINHO ESTREITO DO PERDÃO


Perdoar é perder.
Como não queremos perder, não perdoamos.
Quando perdoamos, perdemos parte da herança que nos era devida, embora não seja justo perder parte da herança.
Quando perdoamos, perdemos a justiça que nos era devida. (Ah! Se ao menos nos pedissem perdão humilhadamente, estaríamos um pouco vingados e, então, perdoaríamos.)
Quando perdoamos, perdemos o prisioneiro que o nosso ódio algemava. Perdoar é deixar livres as mãos que nos golperam.
Perdoa quem põe o dinheiro nos degraus mais baixos da sua escala de valores.
Perdoa quem decide que a graça é para todos, e não apenas para os que merecem, porque, se alguém recebe o que merece, recebe outra coisa que não é graça.
Perdoa quem ama a liberdade.
O caminho é estreito.


Israel Belo de Azevedo

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Só para esclarecer...

Meu post sobre "gostar de ajudar e saber ajudar" pode ter passado a impressão de que vivo no "Mundo de Alice", onde quem tem dinheiro obrigatoriamente dá aos que não tem, e todos somos felizes. Pôxa, não sou tão alienada da realidade assim, né?

* Não estava falando de zerar sua conta no banco e sair distribuindo enlouquecidamente;

* Também não pensem que não sei que tem gente acomodada e que nunca corre atrás de nada porque conta que alguém há de ajudar um dia;

* Conheço bem de perto o sentimento de ingratidão e sei exatamente o mal que ele nos causa quando ajudamos alguém totalmente ingrato;

No entanto, só pra relembrar, minha "teoria" não é inédita. Alguém beeeem antes de mim já falou sobre isso... quer conferir? Está lá no livro de Mateus 19, versículos 20 a 24. Vou transcrever pra facilitar:

"Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; 
que me falta ainda?
Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobrese terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.
E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.
Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus.
E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus."
Eu não estou dizendo que eu seria essa pessoa tão generosa a ponto de vender tudo e distribuir sem pestanejar, porque estaria sendo hipócrita. É claro que gosto e valorizo muito meu dinheiro, batalhado com muito ardor. Mas não consigo me sentir feliz e realizada sabendo que há casos pertinho de mim em que eu posso ajudar e não ajudo por "x, y e z" questões.  Se a pessoa vai valorizar isso ou não, aí já não é comigo. É com Ele.
Mas, vamos mudar o rumo dessa prosa que já andei me aborrecendo muito mais do que eu esperava com esse assunto... e aí, tá preparado pra ver camelos passando pelo fundo de uma agulha??? ; )

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Momento que merece registro...


Sábado, 04/09, pouco depois das 7 da manhã. Não reparem nos cabelos desgrenhados, nas roupas amassadas nem nos dentes amarelados. Repare na alegria, nos sorrisos de satisfação e na sensação de realização... esse momento vai ficar guardado pra sempre no meu coração. Mais um presente do Pai. Família feliz da vida ; )

2 perguntinhas interessantes...

* Você GOSTA de ajudar?
* Você SABE ajudar?

A razão dessas perguntas é muito simples: ao pensar no ato de ajudar, podemos dizer que existem duas categorias de pessoas numa situação como esta, as pessoas que precisam de ajuda e as pessoas que podem ajudar. Certo? 

Acontece que nem sempre aqueles que precisam de ajuda querem ser ajudados. Mas no meu post quero falar daqueles que precisam e querem ser ajudados. Pense aí se você conhece alguém hoje que pode estar precisando de ajuda e que quer muito receber um empurrãozinho, uma ajudinha, uma "ajudona", ou coisa parecida. Não é difícil olhar ao redor e ver que a maioria das pessoas que nos cercam (senão todas elas) estão precisando de ajuda de alguma maneira, né? Nós fomos criados para ajudarmos e sermos ajudados, como parte de um só corpo.

Agora vamos falar da outra categoria de pessoas, sem ser aquelas que precisam de ajuda. São aquelas que podem ajudar. Tenho visto situações que me irritam muito. Pessoas que podem ajudar negando ajuda, ou simplesmente sendo indiferente à necessidade do outro. Gente que só olha pro próprio umbigo, que só vê problemas em sua própria vida, e que sempre se coloca numa situação pior do que a do outro. Caramba, que  coisa irritante!!! 

E tem gente que se diz solidária, gente que se diz ajudadora, mas que no fundo no fundo não age, é só discurso, só teoria!!! Quero ver vestir a camisa e botar a mão na massa!!!

Tem gente que tem grana e poderia ajudar muito, e não ajuda NADA. Tem gente que não tem grana e DIVIDE o pouco que tem. Tem gente que não tem nada pra dar, nem carinho, nem ao menos solidariedade. Esses são os piores. São os vazios de alma.

Só sei que ando irritada com algumas situações, algumas pessoas, algumas posturas... tento viver minha vida sem perder meu tempo pensando nisso, e geralmente saio no lucro, porque ganho muito mais do que o que dou de mim mesma. 

Não tenho grana. Queria ter pra poder dividir com quem me cerca. Tem gente perto de mim que mereceria ter alguns sonhos realizados, e estão impedidos por questões financeiras. Então eu dou o que eu tenho. Dou apoio, dou carinho, dou solidariedade... e se for preciso comprar algo para ajudar, e eu puder comprar, eu compro. Sem receios e sem medo de ser feliz. Não entendo como pode ter gente que não aja da mesma forma. Não deveríamos ser todos assim? Se eu tenho algo que meu próximo precisa e posso dar a ele sem que me prejudique ou me faça falta, eu dou e pronto. Seja lá o que for. 

Tem gente perto de mim que não merece ter o que tem. Gente que só sabe reclamar da vida. Gente que não enxerga a necessidade do outro nem que leve um tapa na cara com ela. Gente indiferente. Gente que não se importa. Gente que pode oferecer muito e só oferece o "ombro", e ainda acha que está abafando. Por favor, não me venha com papo furado, dá uma olhada no seu saldo bancário e pensa direitinho se é só o "ombro" que você pode oferecer a quem precisa!!!! 

Ando realmente muito cansada e irritada com pessoas assim. Saco totalmente cheio de pessoas vazias! : (

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Sexta-Feira!



Na sexta passada foi estranho demais ver nosso carrinho saindo da nossa garagem pra sempre... até chorei (bobagem! rs), pensando em quantos momentos aquele pretinho dividiu com a gente nos últimos 4 anos. Mas, a família esticoooooooooooooou de uma hora pra outra, e como já havia escrito aqui outro dia, no Corsinha era impossível instalar as 2 cadeirinhas e 1 booster, e agora que a lei está valendo, meu carro se tornaria alvo fácil de blitz policiais, né? Por isso agilizamos a venda, e na sexta-feira o novo comprador saiu daqui feliz e contente com seu "novo" carro. Tenho certeza que ele será tão abençoado quanto nós fomos!

E aí começou a "saga" à procura do novo carro. Nossas únicas opções: Zafira ou Dobló, porque são os únicos com 7 lugares, sendo que o Zafira é mais caro e estava meio fora da nossa realidade. Então nos fixamos no Dobló. Procura daqui, dali, Marquinho viciado na Mega TV, até que surgiu, em Sampa mesmo, uma boa oportunidade. Agitamos a grana, e ontem à noite ele partiu pra lá. Agora pela manhã ele vai conhecer o carro que pode vir a ser nosso companheiro pelos próximos anos. Estou aqui ansiosa e na torcida! Vai ser muito legal ter um carro mais espaçoso, com lugar pra família tooooooooooda!! E ainda vai caber a vovó e eventualmente a tia Xanda hehehehe 

Tomara que dê tudo certo, e que Marquinho volte pra casa motorizado hoje!! ; )
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...