quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

1º dia da Malu na escola...

Bom, como eu já havia comentado aqui antes, a Malu este ano entrou pra turma dos estudantes rsrsrsrs desde o final do ano passado ela já vinha falando ansiosa em ir pra escola, em ter uma professora, em ter coleguinhas, depois passou a anunciar pra todo mundo que havia ganhado uma mochila, e hoje finalmente foi o dia de estrear a já famosa mochila da Barbie...

Eu nem fui trabalhar hoje pra poder acompanhá-la nesse dia especial!!! Eu imaginei que não fosse ter trabalho com ela e aceitei na mosca! A pimentinha foi super animada, quando o portão se abriu a tia Marisa (aquela que eu já comentei aqui que me alfabetizou rsrsrs) a recebeu com um beijinho na testa, e ela olhou ao redor, aquele monte de crianças com seus pais, ela ficou um pouco receosa e se achegou mais pra perto de mim... mas aí eu me abaixei, fiquei conversando com ela, mostrando as coisas que a escola tem, e tal... aí a tia avisou que já era hora de subir. Os pais poderiam subir junto. Que multidão!!! Fomos pra salinha, e eu até tirei umas 2 fotos (tinha mãe fazendo um verdadeiro book, e pior, ficava gritando o nome da criança pra que ela saísse olhando e sorrindo pra todas as fotos!!!! #gentesemnoção), mas procurei ficar de longe, sem muito grude, pra ela não se sentir insegura. Pois é, mas só eu, né, porque os pais grudaram que nem super bonder nos pequenos, achando que isso os ajudaria, mas que nada... não deu nem 10 minutos e começou o chororô... caraca, tinha umas crianças lá que choravam muitoooo era desesperador de assistir!!! O pior é que tinha uma menininha que chorava e a mãe não estava lá (acho que deixou a bichinha ir com a rota), certamente essa mãe não teve outra saída, porque senão ela estaria lá, assim eu quero acreditar!!! Porque dava dó ver aquela bichinha chorando tanto, sem ver ninguém conhecido, de cortar o coração! Acabou que a bichinha dormiu de cansaço, de tanto chorar... eu fiquei lá dentro uns 15 minutos, aí desci porque tinha que resolver a parte de material e afins, e Malu tava tranquila lá. Mas é claro que avisei a ela que ia sair da sala, mas que depois voltaria para pegá-la ela logo reclamou que não queria ir embora do colégio naquela hora, mas quando entendeu que ela ia ficar e eu é que ia sair, ela ficou bem! rsrsrsrs "independência ou morte", né?

Sei que depois de resolver o que tinha pra resolver, fiquei ali pelo pátio conversando com um e outro, até que um tempo depois veio uma mãe veio me avisar que ela estava chorando, eu até estranhei e subi, mas antes de "invadir" a sala e grudar nela eu fiquei observando e vi que ela estava morrendo de sono (porque está acostumada a dormir um soninho curto depois do almoço). Mas ali não tinha lugar nem condições dela descansar, que dirá dormir! Os pais não arredavam pé, mesmo aqueles cujas crias não estavam chorando insistiam em ficar ali, grudados como super bonder!!! Aliás, vou abrir parênteses aqui: Gente, tem que ter paciência pra ser professora, mas tem que ter muito mais paciência pra lidar com os pais do que com os alunos hahahaha tinha um pai lá que dava nervoso, de tanto que o homem reclamava!!! Que a criança vai cair, que vai se machucar, que o outro tá batendo no outro, que ninguém olha direito, que era uma bagunça, que tinha um grupo de 23 (isso mesmo, ele contou!) crianças SOZINHAS no parquinho (claro que era mentira), fiquei com pena do filho dele, super-protegido, sufocado no meio de tanta paranóia!!!! ufa!!!! Aí fica difícil a criança se adaptar, né??? fecha parênteses

Mas voltando à minha Maluzita, eu vi que era sono puro, peguei ela no colo, mas quando ela viu que a tia estava liberando a massinha ela logo se animou de novo, sentou na mesinha e foi brincar!! E ali ficou até umas 15:30hs, quando a tia avisou que quem quisesse já poderia ir embora com seu filho, aí eu achei que pro primeiro dia já tava de bom tamanho, fui lá e a chamei, avisando que a aula tinha acabado mas que amanhã ela iria voltar... e ela aceitou numa boa (aí eu me espantei! rsrs), deu beijo nas tias Conceição e Carol, que já gravaram o nome dela, por incrível que pareça, e viemos embora, conversando sobre a escola, sobre os coleguinhas, e coisa e  tal... 

Resultado: saldo positivo, mais uma  vez percebo o quanto meus filhos são independentes, e fico amarradona hahahaha adoro vê-los crescendo, se desenvolvendo, com personalidade, com independência, mas com muito amor e carinho também! 

E assim foi o 1º dia da Pimentinha na escola!!! Vamos ver como serão os próximos dias, né? Aguardem cenas dos próximos capítulos...

# detalhe: a gente se dá conta que tá ficando velha quando percebe que a mãe do coleguinha da sua filha é uma "menina" que estudou com seu irmão caçula rsrsrsrsrs pois é, irmão, a Vanessa, que estudou contigo, agora é mãe do Miguel, que vai estudar na turminha da Malu rsrsrsrs

# outro detalhe: a Malu é uma das poucas crianças lá que já não usa mais fraldas durante o dia... #mãetodaboba

# a pergunta que não quer calar: a mamãe chorona chorou???? Não, dessa vez deu pra segurar hahahahaha nada como a experiência hahahahaha e que venha o Bernardo no ano que vem indo pro maternal... ; )

Um comentário:

Jacke Gense disse...

Que gostoso... eu nunca tive problemas de adaptação dos meus filhos na escola.. mas sempre vejo a molecada abrir o berreiro nos primeiros dias.. eu fico com um aperto no coração!!!

Q bom que a Malu curtiu... É ótimo para eles e para nós né??

bjs
Jacke

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...